CEVAL | Clipping Revista Vale Mais: ALTO MINHO BUSINESS AWARDS’17
16803
post-template-default,single,single-post,postid-16803,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,transparent_content,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive
 

Clipping Revista Vale Mais: ALTO MINHO BUSINESS AWARDS’17

Clipping Revista Vale Mais: ALTO MINHO BUSINESS AWARDS’17

A CEVAL em parceria com a CIM Alto Minho, realizaram recentemente as IV jornadas Empresariais do Alto Minho. Destaque especial, não descurando a qualidade dos oradores que intervieram no congresso da tarde, vai inteirinho para a gala Alto Minho Bussiness Awards

Manifestações deste género, feitas por empresários e direcionadas para os empresários da região, constituem um momento único de justa celebração, parabenização, de uma classe, que apesar das dificuldades conjunturais que tiveram de atravessar continuam a ser a mola real do crescimento sustentado da região e do País. São estas contribuições, de muitos empresários, que pagando os seus impostos, reinvestindo na empresa grande parte dos seus lucros, quando existem, vão enchendo de esperança muitos lares. São estas famílias, cujo agregado muito depende do bom desempenho e risco assumido por muitos dos empresários, que mais gratas se sentirão por tal desempenho.

Ao contrario do que à primeira impressão, a gala possa parecer uma feira de vaidades, foi antes, sim, um desfilar da coragem, do risco e porque não dizê-lo do altruísmo empresarial. Sem estes empresários, sem a criação de emprego e de riqueza, as politicas ambientais e sociais, que a todos nos são tão caras, seriam impraticáveis.

Destaque especial para os vencedores, mas muita honra também para os nomeados e para aqueles que este ano não foram nomeados, mas seriam certamente também merecedores de enorme destaque.

A vertente solidária, com a oferta de um cheque de 1.000€ a favor da APCVC – Associação de Paralisia Cerebral de Viana do Castelo, não foi mais do que repetição de outros atos solidários que as empresas, muitas vezes no anonimato, vão por este Alto Minho praticando. A Dimensão ambiental também foi chamada à “mesa” com a parceria entre a CEVAL e a Quercus, apadrinhada pelo Secretario de Estado Adjunto do Ambiente, o Professor Doutor José Mendes, um amigo do Alto Minho, diga-se em abono da verdade.

A cerimónia foi presidida pelo Secretário de Estado Adjunto do Comércio, Dr. Paulo Ferreira, que enalteceu a parceria entre instituições, neste caso a CEVAL e a CIM Alto Minho, como num exemplo de articulação e integração dos atores territoriais. Foi, como referiu, o senhor SEC, um belo exemplo de trabalho conjunto em prole de uma região mais sustentável e coesa.

Uma palavra final para o novo embaixador da Marca 100% Alto Minho, o comentador desportivo e cronista social João Malheiro, que como ele próprio fez questão de afirmar, nasceu em Santa Luzia, e que na sua intervenção questionou como é possível uma região com gente tão importante no mundo do futebol não tenha um clube nas divisões de Elite. Ficou o desafio…



Chinese (Simplified)DutchEnglishFrenchGermanItalianPortugueseSpanish
%d bloggers like this: