CEVAL | Empresários do Alto Minho destacam crescimento industrial
16558
post-template-default,single,single-post,postid-16558,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,transparent_content,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive
 

Empresários do Alto Minho destacam crescimento industrial

Empresários do Alto Minho destacam crescimento industrial

A Confederação Empresarial reuniu com secretária de Estado da Indústria

A Confederação Empresarial do Alto Minho (CEVAL) reuniu com a Secretária de Estado da Indústria, Ana Teresa Lehmann. Luís Ceia e João Pimenta, presidente e vice-presidente da CEVAL, aproveitaram a ocasião para traçar o perfil do setor industrial do Alto Minho, evidenciando «a potencialidade e o crescimento que se tem dado em setores como o do automóvel, da energia ou da indústria naval».

Luís Ceia destacou a relevância destes setores para região do Alto Minho e afirmou a disponibilidade e abertura da CEVAL para, em colaboração com a secretaria de Estado da Indústria, trabalhar para «o incremento e dinamização económica destas áreas, salvaguardando a necessidade de não se imiscuir na esfera de competências do Ministério da Economia».

O presidente da CEVAL salientou «o caráter Secretária de Estado da Indústria Ana Teresa Lehmann reuniu com direcão da CEVAL DR singular do crescimento económico que tem sido verificado no Alto Minho, caraterizado pelas múltiplas empresas de componentes automóvel – que servem a PSA de Vigo – e que se têm a instalado na região, destacando ainda o crescimento do cluster eólico, sendo esta «a maior região produtora de geradores eólicos, detendo também um dos maiores parques eólicos onshore da Europa».

Quanto ao setor naval, o líder daquela Confederação Empresarial destacou «o incremento que se tem sentido em Viana do Castelo», e que tem contribuído para devolver «à capital do Alto Minho o estatuto como uma das mais proeminentes regiões de produção e restauração naval».

Os responsáveis da CEVAL sublinharam ainda «o substancial aumento das exportações das empresas da região que tem feito do Alto Minho uma região apelativa para as empresas já instaladas e para as que pretendem instalar-se». A secretária de Estado da Indústria, Ana Teresa Lehmann, acolheu com interesse esta exposição económica e industrial do Alto Minho, revelando conhecer a realidade Alto Minhota.