Nova linha de apoio para microempresas | CEVAL
22958
post-template-default,single,single-post,postid-22958,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,transparent_content,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive
 

Nova linha de apoio para microempresas

Nova linha de apoio para microempresas

As microempresas ‘Startups’ na fase inicial do seu ciclo de vida (quatro anos de existência ou menos) dispõem de uma nova Linha Apoio ao Desenvolvimento de Negócio ADN 2018 – Start Up, com um montante global de dez milhões de euros.

ADN 2018 – Start Up foi criada pela SPGM, pelo IAPMEI, pelo Turismo de Portugal e por três sociedades de garantia mútua, e para ter acesso as empresas terão de ter um mínimo de 15% de capitais próprios.

Terá um prazo de vigência de até 12 meses após o seu início e 5% dos 10 milhões orçamentados serão atribuídos exclusivamente ao setor primário.

O prazo das operações apoiadas poderá, ir até 8 anos, contando todas as startups com um período de carência de capital até 24 meses.

FINANCIAMENTO DA UNIÃO EUROPEIA

A Comissão Europeia vai reunir numa estrutura única todo o financiamento da UE que será concedido de 2021 a 2027 sob a forma de empréstimos e garantias.

O Programa InvestEU vai englobar um fundo, urna plataforma de aconselhamento e um portal com o objetivo de criar emprego e fomentar o crescimento.

Para o mesmo período, a Comissão propôs atribui 100 mil milhões de euros à investigação e à inovação, no âmbito do novo Programa Horizonte Europa para a Investigação e Inovação.

 

Fonte: SGPM/Destak/Horizonte Europa

 

 



Chinese (Simplified)DutchEnglishFrenchGermanItalianPortugueseSpanish
%d bloggers like this: