CEVAL toma posse no primeiro Conselho Municipal de Economia e Desenvolvimento de Ponte da Barca

Tomaram hoje posse os membros do recém-criado Conselho Municipal de Economia e Desenvolvimento de Ponte da Barca, o primeiro do Distrito de Viana do Castelo, que irá juntar à mesma mesa “atores económicos relevantes” com o objetivo de traçar estratégias de desenvolvimento para o Município.

Órgão de reflexão e consulta no domínio das políticas económicas, o Conselho Municipal de Economia e Desenvolvimento integra representantes de várias entidades com vista à concertação de ideias e estratégias no âmbito do desenvolvimento económico do concelho.

A nova organização é composta pelo Presidente da Câmara Municipal, Augusto Marinho, que preside ao Conselho, José Alfredo Oliveira, Vice-Presidente da Câmara Municipal, que substitui o presidente na sua ausência, Fernanda Velinças, pela Associação Comercial e Industrial de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca, Francisco Araújo, pela Confederação Empresarial do Alto Minho, Rui Alves, pela Associação Empresarial Inovar Norte, António Marques, pela Cooperativa Agrícola de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca, Marcos Sousa, pela Entidade do Turismo do Porto e Norte de Portugal, Manuel Soares Alves, pelo Agrupamento de Escolas de Ponte da Barca, Rui Vieito, pela Escola Profissional EPRALIMA, Nuno Domingues, pelo Instituto Politécnico de Viana do Castelo, Maria João Thompson, pela Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho, Sónia Almeida, pela ADERE – Associação de Desenvolvimento das Regiões do Parque Nacional Peneda-Gerês, Francisco de Calheiros, pela ADRIL – Associação de Desenvolvimento Rural Integrado do Lima, e José Carlos Silva, como representante das Juntas de Freguesia do concelho de Ponte da Barca.

“A criação deste fórum é fundamental para ouvir e debater estratégias conjuntas de desenvolvimento do concelho, sempre numa lógica de diálogo e participação constante das entidades que representam a nossa economia local, permitindo à Câmara colocar em prática medidas mais eficazes e que vão ao encontro da expectativa e vontade de todos os que abraçam o desenvolvimento da nossa terra”, destacou o Presidente da Câmara, Augusto Marinho.

Com supervisão da Câmara Municipal de Ponte da Barca, caberá ao Conselho Municipal de Economia e Desenvolvimento promover um projeto territorial que mobilize os recursos e estabeleça relações de associação e ação coletiva para estimular as atividades económicas, definir estratégias de desenvolvimento para o município. Nasce ainda com a missão de apoiar a autarquia na definição das políticas municipais, através da promoção da participação pública e por contributos de recolha de informação relevante sobre o concelho e as suas dinâmicas económicas e sociais.

Inscreva-se na nossa newsletter.

x
Chinese (Simplified)DutchEnglishFrenchGermanItalianPortugueseSpanish