REACH – Content Marketing Conference: “Se não dermos o conteúdo que as pessoas querem, o conteúdo não vale nada” | CEVAL
17134
post-template-default,single,single-post,postid-17134,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,transparent_content,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive
 

REACH – Content Marketing Conference: “Se não dermos o conteúdo que as pessoas querem, o conteúdo não vale nada”

REACH – Content Marketing Conference: “Se não dermos o conteúdo que as pessoas querem, o conteúdo não vale nada”

Daniela Cunha, Pedro Simões, Martim Mariano e Ângelo Valente defenderam, em Valença, a
importância do conteúdo numa estratégia de marketing. Aqueles profissionais falaram no
âmbito da REACH – Content Marketing Conference, moderada por Ricardo Lemos, que reuniu
na Escola Superior de Ciências Empresariais, do Instituto Politécnico de Viana do Castelo,
alunos, empresários e curiosos da área do marketing digital. No Auditório Professor Lima de
Carvalho marcaram presença mais de uma centena de pessoas na primeira conferência de
marketing de conteúdos do país.

Martim Mariano, Social Media Coordinator da SIC Notícias, Expresso e Blitz, frisou a
importância do conhecimento do público para quem estamos a escrever. Durante a sua
apresentação falou da experiência profissional e aconselhou os estudantes e profissionais
presentes a perceber “para quem queremos falar”. O colaborador do grupo Impresa
afirmou que “o poder está nas pessoas. São elas que decidem, por isso nunca inventem
histórias, nem de pessoas nem de coisas que nunca aconteceram”.

Ângelo Valente, consultor na área do marketing digital e Head of Marketing na Porto
Business School, defendeu que os marketers devem “pensar fora da caixa”. Lembrando
ainda que ao escrever conteúdo para as marcas os profissionais devem preocupar-se em
“produzir conteúdo que vive para sempre, que não tem data e que será sempre
relevante”.

O fundador da Live4digital aconselhou os presentes a “fazer algo com consistência”.
Pedro Simões garantiu que “o dia-a-dia é uma inspiração” para o desenvolvimento de
estratégias. O aveirense não deixou de alertar os presentes para que “aproveitem mais a
tecnologia e as pessoas das organizações para criarem maior envolvimento com os
clientes”. Apesar de estarmos na era online, o empresário ressalvou que “é necessário fazer
o mix entre o online e o offline”.

“O conteúdo produzido pelos nossos clientes pode ser utilizado para publicitar a marca”.
A ideia foi defendida por Daniela Cunha, que acrescentou: “As pessoas gostam de
sentir-se parte do processo de produção”.

A iniciativa foi organizada por professores e alunos da pós-graduação em Marketing
Digital da ESCE. O coordenador do curso fez um balanço positivo. Jorge Garcia concluiu:
“O objetivo principal era criarmos um evento especializado dentro da área do Marketing
Digital, que conseguisse complementar a formação da Pós-Graduação, envolver, e
“formar” a comunidade estudantil e empresarial dentro desta área, e isso foi mais que
cumprido”.

 

Fonte: Jornal Caminhense



Chinese (Simplified)DutchEnglishFrenchGermanItalianPortugueseSpanish
%d bloggers like this: