Incubadora Social de

Emprego

Portaria n.º 205/2021, de 12 de outubro

Enquadramento

As Incubadoras Sociais de Emprego criadas pela Portaria n º 205 2021 de 12 de outubro no âmbito do Programa de Estabilização Económica e Social aprovado pela Resolução do Conselho de Ministros n º 41 2020 de 6 de junho têm por finalidade apoiar a procura ativa de emprego dos desempregados e a potenciar a sua ( inserção no mercado de trabalho.

Conceito

São inspiradas no modelo espanhol das Lanzaderas de Empleo da Fundação Santa Maria la Real que assenta na constituição de equipas organizadas e orientadas para a procura ativa de emprego em grupo.

Filosofia e Metodologia

• Eliminação do estigma social do desemprego
• Enfoque colaborativo
• A pessoa como um valor, não um peso
• Aprender fazendo e fazer aprendendo
• Equipas/grupos heterogéneos de desempregados, ativos, visíveis e solidários

Incubadora Social de Emprego

Estrutura promovida por entidades autorizadas pelo IEFP para intervir junto de equipas de desempregados no âmbito da procura ativa de emprego e contribuir para o reforço das condições de empregabilidade e para a respetiva (re)inserção profissional.

Equipa de Procura de Emprego

Grupos de desempregados dinamizados e orientados pelas Incubadoras para a procura ativa de emprego, durante um período não superior a cinco meses, mediante a aplicação de metodologias colaborativas específicas.

Lanzaderas de Empleo

“Equipa de 20 pessoas em situação de desemprego, com diferentes perfis formativos e percursos profissionais, que se reúnem vários dias por semana para treinar uma procura de emprego inovadora, proativa, organizada, visível e solidária.”

Enquadramento

A Lanzadera de emprego é uma equipa de desempregados que, através do trabalho colaborativo com a orientação de um técnico especializado, ativam e otimizam a procura de emprego com novas técnicas e ferramentas.

A equipa reúne vários dias da semana para trocar conhecimentos, melhorar as suas competências transversais e apoiar se mutuamente na procura de emprego por conta própria ou por conta de outrem.

Objetivos

Implementação, organização, desenvolvimento e avaliação (n.º 2 do art.º 1.º da Portaria n.º 205/2021)

Motivar para a procura de emprego, através de metodologias colaborativas

Desenvolver competências pessoais, sociais e digitais com vista ao reforço da empregabilidade dos participantes

Promover o desenvolvimento de estratégias flexíveis de abordagem ao mercado de trabalho

Promover a inserção profissional dos desempregados

- Apoio aos grupos de participantes na definição de estratégias de atuação e de aproximação ao mercado de trabalho
- Dinamização e apoio às sessões de grupo Promoção de sessões individuais com os participantes
- Desenvolvimento de competências transversais, através de intervenções coletivas ou individuais
- Orientação e promoção de uma procura de emprego autónoma
- Contatos com o tecido empresarial e atividades junto da comunidade
-Ações de acompanhamento pós colocação

Ficha de Inscrição

Inscreva-se na nossa newsletter.

x