Casa cheia para conhecer os Instrumentos Financeiros Públicos da IFD - CEVAL
25030
post-template-default,single,single-post,postid-25030,single-format-standard,bridge-core-1.0.4,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,transparent_content,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-18.0.9,qode-theme-bridge,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive
 

Casa cheia para conhecer os Instrumentos Financeiros Públicos da IFD

Casa cheia para conhecer os Instrumentos Financeiros Públicos da IFD

Foi numa Sala Couto Viana da Biblioteca de Viana do Castelo completamente cheia que decorreu nesta quinta-feira, dia 29 de novembro, a ‘Sessão de Divulgação dos Instrumentos Financeiros Públicos’, iniciativa da IFD – Instituição Financeira para o Desenvolvimento e da CEVAL – Confederação Empresarial do Alto Minho.

Foram cerca de 70 os empresários que fizeram questão de marcar presença para conhecer o diversificado conjunto de instrumentos financeiros destinados a promover a capitalização, bem como o financiamento de empresas, através de intermediários financeiros a operar no mercado nacional.

A sessão contou com José Maria Costa, Presidente da Câmara de Viana, que ‘abriu’ a iniciativa, destacando as potencialidades destes instrumentos, como alternativa ao habitual financiamento empresarial.

A IFD esteve representada por Henrique Cruz, Presidente da Comissão Executiva da IFD e Silvia David, responsável técnica da Instituição Financeira para o Desenvolvimento.

A sessão contou ainda com a participação de Raquel Araújo, Gestora do Projeto ‘Finance for Growth’, que transmitiu as vantagens para o empresário deste projeto da AEP – Associação Empresarial de Portugal.

O fecho desta sessão esteve a cargo de Luís Ceia, Presidente da CEVAL, que salientou a oportunidade destes instrumentos para as empresas se financiarem numa conjectura de apoios europeus que tende a mudar no futuro e que obrigará as empresas a encontrarem diferentes soluções para fazer face às exigências do mercado atual.



%d bloggers like this: