Competitividade - Capacitação de Recursos Humanos e Mercado de Trabalho - CEVAL
26464
post-template-default,single,single-post,postid-26464,single-format-standard,bridge-core-2.1.8,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-20.5,qode-theme-bridge,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.1,vc_responsive
 

Competitividade – Capacitação de Recursos Humanos e Mercado de Trabalho

Competitividade – Capacitação de Recursos Humanos e Mercado de Trabalho

Publicação do GEE

O mercado de trabalho e os recursos humanos existentes numa economia são determinantes para o seu nível de desempenho e de produtividade.

A proteção do emprego, o apoio no desemprego, a negociação coletiva, a determinação de níveis de remuneração mínimos, a garantia de condições dignas e adequadas no local de trabalho, entre outros, são aspetos constituintes das condições e relações de trabalho existentes e caracterizam um determinado mercado laboral. A qualificação e a adequação dos recursos humanos são fundamentais neste contexto.

A análise efetuada nesta publicação do GEE tem por base as seguintes linhas orientadoras:

1. Capacitação dos Recursos Humanos
2. Remunerações
3. Mercado de trabalho
4. Emprego e Desemprego
5. Políticas de Emprego

A análise dos dados revela algumas fragilidades a nível da capacitação dos recursos humanos e do mercado de trabalho em Portugal, nomeadamente:
– Baixas qualificações da população especialmente nas faixas etárias mais elevadas;
– Taxa de desemprego de longa duração elevada;
– Taxas de participação em educação e formação de adultos são particularmente baixas especialmente entre desempregados;
– Alta taxa de jovens fora do sistema de ensino e formação e do mercado de trabalho (NEET).

 20/02/2019

Fonte:GEE

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.

Chinese (Simplified)DutchEnglishFrenchGermanItalianPortugueseSpanish
%d bloggers like this: