Luís Ceia aborda perda de quota da CGD no Jornal Vida Económica

O Presidente da CEVAL – Alto Minho, Luís Ceia, comentou esta semana no Semanário Vida Económica, a perda de quota no crédito concedido às famílias e empresas pela Caixa Geral dos Depósitos. Segundo o Vida Económica, o Banco Santander ultrapassou a CGD como banco que mais crédito concede às famílias e empresas portuguesas.

Segundo o artigo, para Luís Ceia, Presidente da CEVAL – Confederação Empresarial do Alto Minho, ” a perda de quota de mercado da CGD, que já vem de anos anteriores, pode ser explicada pela cobrança de custos de manutenção das contas e aumento das comissões praticadas. Uma menor agressividade na oferta de soluções de crédito, também poderá constituir motivo para a não captação de novos clientes e migração dos seus para outras instituições financeiras”.

O Presidente da CEVAL tem sido presença assídua nas páginas deste relevante semanário, debruçando-se sobre diferentes temas da agenda económica, empresarial e associativa do Alto Minho e de Portugal.

Inscreva-se na nossa newsletter.

x
Chinese (Simplified)DutchEnglishFrenchGermanItalianPortugueseSpanish