Novo Governo: CONFMINHO apresenta 70 medidas para revolucionar a região do Minho até 2030.

A Confederação Empresarial da Região Minho (CONFMINHO) apresenta 70 propostas ao novo governo para relançar a região até 2030. Fundos de Coesão, Segurança, Economia e Fiscalidade, Trabalho/Emprego e Formação Profissional, Mobilidade/Transportes Públicos e Infraestruturas de apoio ao Desenvolvimento Empresarial no Território e Estímulo das Relações Transfronteiriças com a Galiza, são os seis eixos apontados nestas medidas.

A CONFMINHO considera fundamental que o novo Governo de Portugal defina linhas estratégicas para a região que possam alavancar o crescimento económico e social do Minho até 2030.

Como consequência da nova composição da Assembleia da República, a CONFMINHO espera que este novo ciclo político possa trazer a estabilidade necessária para que o país inicie um conjunto de reformas essenciais à mudança do modelo de desenvolvimento do país e particularmente da região do Minho.

Este novo quadro político, aliado às oportunidades trazidas pelo Plano de Recuperação e Resiliência e pelo novo Quadro Financeiro Plurianual 2021-2027, oferecem ao país e à região do Minho uma oportunidade única para estabelecer um compromisso nacional em torno de uma estratégia de crescimento sustentado.

Esperamos que este novo ciclo político traga consigo um novo ciclo económico para o país e para o Minho, marcado por um crescimento mais robusto, mais sustentável e mais duradouro.

Apresentamos por isso um conjunto de 70 propostas que consideramos prioritárias para o Minho, que visam garantir não só a sobrevivência do seu tecido empresarial, mas sobretudo criar condições de desenvolvimento económico, social e territorial que permitam reafirmar a importância estratégica da região para a economia nacional.

Inscreva-se na nossa newsletter.

x
%d bloggers like this: