5 dicas para a sobrevivência da sua empresa em 2021

A pandemia e o seu impacto no mundo apanhou muitos donos de empresas de surpresa e fez com que algumas empresas parassem

A pandemia e o seu impacto no mundo apanhou muitos empresários de surpresa e fez com que alguns negócios tivessem de encerrar portas. O Yelp, um site que agrega pequenos negócios por todo o mundo, relatou o fecho de 97.966 empresas, sendo que destas, cerca de 60% não serão reabertas. A frustração não deixa de ser imensa quando os empresários, depois de anos a investir no seu negócio, sentem que este vírus os fez desacelerar ou mesmo afundar.

Entramos no novo ano e ninguém sabe o que poderá acontecer. No entanto, como empresário, deve começar já a planear e fortalecer a sua empresa para fazer face a eventuais percalços que possam surgir.

Todos os dias são criadas inovações que simplificam o processo de compra e venda. Se a sua empresa não está a fazer nada de novo e se não procura facilitar a vida dos seus clientes, poderá correr o risco de os perder para quem o faça. Steve Jobs disse um dia: “A inovação é o que distingue um líder de um seguidor”. Ou seja, se tenciona tornar-se um líder no seu setor ou nicho de mercado, terá necessariamente de inovar. Isto abrange o marketing da sua empresa, a entrega dos produtos, a retenção de clientes, etc.

2021 será um ano diferente e provavelmente trará com ele novos desafios. Por isso mesmo, aqui deixamos cinco dicas de sobrevivência para sua empresa.

1. Fique na mente dos seus clientes

O marketing é muito importante para qualquer negócio. As empresas que sobreviveram até 2020 foram as que permaneceram na mente dos seus clientes. Se em 2021 continuarmos com fases de confinamento, fará com que o seu negócio não opere normalmente, resultando em receitas menores. No entanto, não deve interromper o marketing, mas sim reduzir seu orçamento.

O Marketing é a forma de compreender as necessidades dos seus clientes, educa-os, atrai novos potenciais clientes e faz com que eles queiram continuar a fazer negócios consigo. Todas as estratégias de marketing podem não levar a vendas diretas, mas as vendas acontecerão eventualmente se a sua empresa for suficientemente consistente. 

As suas redes sociais devem ser as suas melhores amigas nos próximos anos. Estudos mostram que “quase 50% da população mundial usa as redes sociais. São mais de 3 bilhões de usuários em todo o mundo”. 

Para ficar na mente dos seus clientes é necessários estar onde eles o/a possam ver, e o marketing nas redes sociais é uma estratégia de marketing que lhe dá essa vantagem. Quer opte por usar influenciadores ou redes sociais pagas, deve esforçar-se para permanecer na mente dos seus clientes. 

2. Preserve a mão-de-obra qualificada

Bons funcionários significam bons negócios. Se deseja oferecer à sua empresa essa vantagem competitiva, precisa preservar os seus recursos humanos. Não conseguirá dar o melhor aos seus clientes se não tiver a melhor equipa.

Para além de contratar as pessoas certas, deve ainda oferecer aos seus colaboradores a melhor formação e mantê-los satisfeitos. Isto é muito mais do que apenas ser compreensivo, deve garantir um ambiente de trabalho saudável dando-lhes um propósito para contribuir da melhor forma para a sua empresa.

Como é que se cria esse ambiente positivo? É sua obrigação como empresário criar um ambiente de trabalho que permita a todos compartilhar as suas opiniões e ideias sobre diferentes aspetos da vida da empresa. Isso pode acontecer através de reuniões semanais. Implementar estas reuniões pode aumentar significativamente a produtividade, o que por sua vez ajuda o seu negócio.

3. Proteção de ativos

Como proprietário de uma empresa, existem diferentes realidades que podem prejudicar os seus ativos, o que pode fazer com que inevitavelmente perca dinheiro. Não será bom perder os seus ativos comerciais em questões legais. Muitos empresários ignoram esta parte, mas é crucial proteger os seus ativos, mesmo que as coisas não se concretizem como gostaria no caso de um processo judicial.

Ninguém que abre uma empresa considera a possibilidade de se ver envolvido num processo judicial. Por esta razão tantos são os empresários que acabam envolvidos em processos judiciais. Setenta e oito por cento dos réus de processos judiciais nos EUA nunca pensaram que isso lhes pudesse acontecer. A Sony perdeu 200 milhões em ativos, o que poderia ter sido evitado se tivesse protegido os seus ativos. 

4. Financiamento e orçamento

O seu planeamento deve ainda focar-se nas suas finanças, porque todas as empresas precisam de dinheiro para incrementar diferentes áreas do negócio. O orçamento é como um guião para o seu negócio, pelo que muitos empresários põem os seus negócios em risco quando não têm um orçamento.

Riley Panko, num relatório sobre orçamentos , disse: “Empresas de todos os tamanhos devem criar um orçamento se não quiserem arriscar a saúde financeira da sua organização”. Acrescentando: “As empresas podem criar mais desafios para si caso não tenham um orçamento. Isto acontece porque o orçamento ajuda as pequenas empresas a se concentrarem”.

O orçamento decide se o seu marketing, aquisição de ativos, remuneração dos seus funcionários e outras partes do seu negócio podem ser executadas sem problemas de maior. Deve antecipar todas as suas necessidades financeiras de longo e curto prazo. Isto pode exigir a contratação de um contabilista que manterá registos de todo o dinheiro que entra e sai do seu negócio. 

5. Esteja pronto para se adaptar a qualquer coisa

Você é adaptável? Patrick J. Rottinghaus define adaptabilidade como “A capacidade de enfrentar e capitalizar as mudanças e a capacidade de se recuperar quando eventos imprevistos alteram os planos da sua vida”.

Ninguém previa a chegada de 2020, mas chegou, e foi como se todos tivessem que “se adaptar ou morrer”. O ‘velho normal’ em matéria de trabalho a que estávamos habituados foi interrompido abruptamente. Todas a empresas foram obrigadas a se adaptar a reuniões de zoom, formação online e distanciamento social. Isto por si só afetou muitas empresas de prestanção de serviços cujo modelo de negócio se fazia essencialmente de forma física.

2021 será um ano incerto, pelo que a sua prioridade deve ser a sua capacidade para se adaptar ao que quer que seja. Seja na entrega do serviço / produto, no marketing ou no envolvimento com os seus clientes, deverá preparar-se para dançar ao som de tudo o que o mercado ditar e atacá-lo criativamente. 

Autor: James Jorner

Fonte: www.entrepreneur.com

As opiniões expressas pelos colaboradores do Entrepreneur são pessoais.

Inscreva-se na nossa newsletter.

x
Chinese (Simplified)DutchEnglishFrenchGermanItalianPortugueseSpanish