Suspenso o pagamento da TSU pelas empresas que terminava hoje

 

“Na sequência das medidas anunciadas pelo Governo de diferimento das prestações de Segurança Social, foi suspensa a data de pagamento, que terminava amanhã, 20 de março, das contribuições devidas à Segurança Social das empresas”, segundo o ministério da Segurança Social.

A empresa não vão ter de pagar a Taxa Social Única (TSU) cujo prazo final estava previsto para hoje, anunciou o ministério da Segurança Social.

“Na sequência das medidas anunciadas pelo Governo de diferimento das prestações de Segurança Social, foi suspensa a data de pagamento, que terminava amanhã, 20 de março, das contribuições devidas à Segurança Social das empresas”, segundo o comunicado da tutela.

“Os termos do diferimento das prestações e a definição das respetivas regras serão regulados pelo Governo, não tendo as empresas de efetuar o referido pagamento amanhã”, de acordo com a nota.

Como já tinha sido anunciado na semana passada, o Governo também prevê prorrogar o prazo de pagamento do primeiro pagamento especial por conta de 30 de março para 30 de junho; da entrega do Modelo 22 do IRC para 31 de julho; e do primeiro pagamento por conta do IRC de 31 de julho para 31 de agosto.

Esta semana foram anunciadas mais medidas para flexibilizar o pagamento de impostos para empresas e trabalhadores independentes no segundo trimestre de 2020, ou seja os pagamentos do IVA, no regime mensal e trimestral, e a entrega ao Estado das retenções na fonte do IRS e IRC

Fonte: jornaleconomico.sapo.pt, 20/3/2020

 

Chinese (Simplified)DutchEnglishFrenchGermanItalianPortugueseSpanish